Perguntas Frequentes (FAQ)

Reconhecimento Académico


Outros Artigos

  1. É necessário residir em Portugal para iniciar um processo de reconhecimento académico?  
  2. Existe diferença entre obter o registo através de uma Instituição de Ensino Superior Pública ou na Direcção-Geral do Ensino Superior (Decreto-Lei n.º 341/2007)?  
  3. O que significa o "princípio da reciprocidade"?  
  4. Onde e quais os documentos que tenho de apresentar para o registo do grau de doutor conferido pelo Instituto Universitário Europeu de Florença (Decreto-Lei n.º 93/96)?  
  5. Onde posso adquirir os modelos para os pedidos de equivalência/reconhecimento (Decreto-Lei n.º 283/83)?  
  6. Onde posso apresentar o pedido de registo/reconhecimento do meu grau de ensino superior estrangeiro (Decreto-Lei n.º 341/2007)?​  
  7. Onde posso autenticar e/ou legalizar os meus documentos?  
  8. Onde posso solicitar equivalência/reconhecimento aos graus de licenciado, mestre ou doutor (Decreto-Lei n.º 283/83)?  
  9. Onde posso traduzir ou certificar a tradução dos meus documentos?  
  10. Para reconhecer o meu diploma tenho de proceder à tradução dos meus documentos?  
  11. Posso apresentar, simultaneamente, um pedido de equivalência/reconhecimento em dois estabelecimentos de ensino superior (Decreto-Lei n.º 283/83)?  
  12. Posso escolher o estabelecimento de ensino superior onde pretendo solicitar a equivalência/reconhecimento (Decreto-Lei n.º 283/83)?  
  13. Posso eu proceder à tradução dos meus documentos?  
  14. Posso pedir o registo (Decreto-Lei n.º 341/2007) do meu grau, tendo já obtido equivalência (Decreto-Lei n.º 283/83)?  
  15. Posso prosseguir, em Portugal, estudos de ensino superior já iniciados no estrangeiro?  
  16. Posso recorrer das deliberações finais de um processo de equivalência/reconhecimento (Decreto-Lei n.º 283/83)?  
  17. Quais os graus obtidos no estrangeiro que podem beneficiar do processo de registo/reconhecimento (Decreto-Lei n.º 341/2007)?  
  18. Qual a diferença entre equivalência, reconhecimento e registo de diplomas estrangeiros?  
  19. Qual a diferença entre reconhecimento académico e reconhecimento profissional?  
  20. Qual o horário de atendimento para informações do NARIC e/ou para reconhecimento de um grau junto da Direcção-Geral do Ensino Superior?  
  21. Quanto custa o pedido de equivalência ou reconhecimento (Decreto-Lei n.º 283/83)?  
  22. Quanto custa o registo de grau/reconhecimento (Decreto-Lei n.º 341/2007)?  
  23. Quanto custa o registo do grau de doutor conferido pelo Instituto Universitário Europeu de Florença (Decreto-Lei n.º 93/96)?  
  24. Que documentos preciso de apresentar para registar/reconhecer o meu grau estrangeiro (Decreto-Lei n.º 341/2007)?  
  25. Que documentos são necessários para a emissão de uma declaração que atesta o nível do meu curso estrangeiro?  
  26. Que países assinaram e/ou ratificaram a Convenção de Lisboa?  
  27. Que países subscreveram o Processo de Bolonha?  

Por favor aguarde!

Por favor aguarde... iremos ser breves!